Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017 -
ATO RELIGIOSO

Casamento comunitário da IBC Itabira reúne nove casais e muita emoção

02/12/2017 07h16
Tatiana Santos
TATIANA SANTOS/DEFATO
Foi realizado o casamento comunitário promovido pela Igreja Batista Central (IBC) de Itabira, no clube Arfita

O 1º de dezembro de 2017 ficará marcado para sempre na memória de nove casais que disseram um “sim” coletivo na noite dessa sexta-feira, em Itabira. Na presença de muitos convidados, foi realizado o casamento comunitário promovido pela Igreja Batista Central (IBC) de Itabira, no clube Arfita.

Apesar da grande quantidade de casais, a cerimônia contou com tudo a que os pares tiveram direito: maquiagem, músicos, decoração, damas, troca de alianças e tudo o que um casamento comum possui.

A bênção matrimonial foi dada pelo pastor presidente da IBC, Flávio Márcio de Souza Nascimento, com a participação do pastor José Hélio de Azevedo “Helinho”. Todos os noivos que participaram da cerimônia já vivem juntos e na cerimônia regularizaram a situação perante os preceitos bíblicos.

Para o sacerdote, o evento tem a importância de fazer frente à não banalização do casamento, estabelecendo-se uma aliança. Conforme disse, é uma manifestação pública do desejo de cada casal constituir família sobre bases legais. “Esses casais chegaram à conclusão de que o casamento é a decisão mais importante na vida de uma pessoa. Por isso, a importância desse ato, de um casamento coletivo, é de trazer uma mensagem para a sociedade. A mensagem de que casamento é a instituição sagrada e que deve ser levada a sério”, concluiu.

Em sua celebração, o sacerdote focou no papel do homem e da mulher dentro do matrimônio, além do respeito mútuo e na valorização do relacionamento.

Casa a mãe, casa o filho

Vivendo sob o mesmo teto há 40 anos, a noiva Dória Gomes Rodrigues, 58, e Efigênio Alves da Silva, 73, agarraram a oportunidade de subir ao altar. Ansiosa e com o coração acelerado, a mulher contou que nessas quatro décadas, o casal constituiu família, mas, não conseguiu priorizar a celebração do matrimônio. Com três filhos, sendo dois casados, e com condições financeiras apertadas, o casamento na igreja foi ficando para trás.

Ao ficar sabendo que a IBC abriu inscrições para o ato religioso, Dória, que alimentava o sonho de entrar de branco na igreja, resolveu correr atrás de seu desejo. E neste 1º de dezembro, realizou o sonho não só coletivamente, mas, em dose dupla, já que seu filho Cristomar se casou na mesma cerimônia em que ela e o pai. Quem a levou até o altar foi Cristiano, um dos filhos.

Com lágrimas nos olhos, a noiva não escondeu a felicidade. “Eu acho essa oportunidade muito boa, porque eu sempre quis me casar, mas, como? É muito gasto. Isso que a igreja está fazendo é uma bênção de Deus para a gente, não só para mim, mas para todos que estão aqui. Graças a Deus, que Ele proporcionou o meu dia para hoje, realizando o sonho de me casar com meu marido”, finalizou. Todo o custo da igreja, como honorários do pastor, taxas da igreja, algumas taxas de cartório, foram custeadas pela própria instituição religiosa.

Galeria de fotos
Celebrante foi o pastor presidente da IBC, Flávio Nascimento / TATIANA SANTOS/DEFATO
Dória se emocionou ao falar do casamento / TATIANA SANTOS/DEFATO
Algumas noivas aguardando o grande momento / TATIANA SANTOS/DEFATO
TATIANA SANTOS/DEFATO
TATIANA SANTOS/DEFATO
TATIANA SANTOS/DEFATO
TATIANA SANTOS/DEFATO
TATIANA SANTOS/DEFATO
TATIANA SANTOS/DEFATO
TATIANA SANTOS/DEFATO
TATIANA SANTOS/DEFATO
TATIANA SANTOS/DEFATO
TATIANA SANTOS/DEFATO
TATIANA SANTOS/DEFATO
TATIANA SANTOS/DEFATO
TATIANA SANTOS/DEFATO
Cristomar se casou na mesma cerimônia que a mãe, Dória / TATIANA SANTOS/DEFATO
Se você não tem Facebook, utlize o formulário abaixo para comentar.
02/12/2017 - 20h58
Joelcio
Itabira
Nossa Senhora! Que lindo casamento. Queria ter ido mais minha mulher mais fica pra próxima.
5 1
02/12/2017 - 08h32
Cacauzinha
Itabira
Deu até vontade de chorar de ver a Dória falando e ver a carinha dela nas fotos me deu até mais esperança que nunca é tarde pra realizar os onhos e que Deus é grande nas nossas vidas. Quero chorar
22 1
Novo comentário
Sou cadastrado
Não sou cadastrado
Comentário
Leia mais em: Cidade
Mais
Emprego