Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017 -
CONFIRA O CALENDÁRIO

Primeiras parcelas do IPVA começam a vencer em 10 de janeiro

04/12/2017 12h03
DIVULGAÇÃO
Arrecadação com o IPVA no Estado deve gerar R$ 5,12 bilhões no ano que vem

O Governo do Estado de Minas Gerais divulgou o calendário de pagamentos do Imposto Sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), nesta segunda-feira, 4 de dezembro. As primeiras parcelas do tributo começam a vencer a partir de 10 de janeiro. O valor mínimo para o parcelamento único é R$ 150.

A arrecadação com o IPVA no Estado deve gerar R$ 5,12 bilhões no ano que vem. O valor é 10,41% maior que o arrecadado neste ano. 

Do total, 40% ficam no caixa do Estado, o que corresponde a R$ 2,05 bilhões. Outros 40% são repassados aos municípios e 20% ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Cerca de 30% desse valor deve ser quitado já em janeiro pelos contribuintes que optam pela parcela única, com desconto de 3%. A informação é do subsecretário da Secretaria de Estado da Fazenda, João Alberto Vizzotto.

Estímulo aos bons pagadores

A Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais (SEF-MG) anunciou um programa de estímulo ao bom pagador. Além do desconto de 3% para o pagamento em cota única, quem quitou sem atrasos o tributo em 2017 e mantiver a assiduidade em 2018, receberá mais 3% de abatimento no tributo a partir de 2019.

A inclusão das caminhonete de cabine dupla e estendida nas alíquotas para carros de passeio é uma novidade para este ano. O valor percentual desse tipo de automóveis foi elevado de 3% para 4%.

Confira os prazos para pagamento, de acordo com o final das placas:

-1 e 2: 10 de janeiro (1ª parcela), 15 de fevereiro (2ª parcela) e 15 de março (3ª parcela);

- 3 e 4: 11 de janeiro, 16 de faveiro e 16 de março;

- 5 e 6: 12 de janeiro, 19 de fevereiro e 19 de março;

- 7 e 8: 15 de janeiro, 20 de fevereiro e 20 de março;

 

- 9 e 0: 16 de janeiro, 21 de fevereiro e 21 de março. 

(Com informações: Hoje em Dia)

Se você não tem Facebook, utlize o formulário abaixo para comentar.
Você pode ser o primeiro a comentar.
Novo comentário
Sou cadastrado
Não sou cadastrado
Comentário
Leia mais em: Economia
Mais
Emprego