Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017 -
CAPOEIRANA/NOVA ERA

Homem morre em acidente de caminhão ao ser arremessado fora da cabine

05/12/2017 07h07
THALES BENÍCIO
passageiro ferido apresentava fraturas em ambas as pernas e várias escoriações pelo corpo
Galeria de fotos
Aparelho apresentou problemas na retirada de vítima / THALES BENÍCIO
THALES BENÍCIO
THALES BENÍCIO
THALES BENÍCIO
THALES BENÍCIO

Um grave acidente tirou a vida de um homem de 65 anos, na tarde dessa segunda-feira, 4 de dezembro, na altura do km 466 da MGC-120, na localidade de Capoeirana, na zona rural de Nova Era. O acidente ainda deixou outro homem, de 42 anos, preso às ferragens. 

Os dois estavam em um caminhão Volkswagen 8.150 Delivery, cor branca. O motorista Antônio Pratti, 65, morreu no local, já o passageiro, Agnaldo de Jesus Soares, 42, ficou preso às ferragens do veículo.

De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual, uma testemunha relatou que seguia atrás do caminhão. Numa na descida, o motorista atingiu uma canaleta de escoamento de água pluvial, perdendo o controle do caminhão, que colidiu contra um barranco e em seguida, tombou. Ele ficou atravessado na pista, interditando completamente a rodovia.

O Corpo de Bombeiros Militar e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foram chamados para socorrer as vítimas. Na chegada da Unidade de Suporte Avançado (USA), o médico constatou o óbito de Antônio, que provavelmente estaria sem o cinto de segurança, pois, ele foi arremessado para fora da cabine. O passageiro estava consciente.

Dificuldades no resgate

Os bombeiros rapidamente montaram o desencarcerador (para cortar as ferragens), porém o equipamento apresentou falhas, e fez com que aumentasse a agonia de Agnaldo, que aguardava com muita ansiedade para ser retirado do caminhão. Os militares tentaram outras formas de retirar a vítima, mas sem sucesso.

Os bombeiros chegaram a solicitar o apoio do Serviço Voluntário de Resgate (SEVOR) de João Monlevade, mas após mais de uma hora de tentativas, o equipamento voltou a funcionar. Em menos de cinco minutos a vítima foi retirada das ferragens e levada para a ambulância do SAMU.

Agnaldo apresentava fraturas em ambas as pernas e várias escoriações pelo corpo. Após receber os primeiros socorros no local foi encaminhado para o Pronto Socorro Municipal de Itabira.

Equipamento

O sargento Solivan, do Corpo de Bombeiros afirmou que o equipamento foi testado no início do turno de serviço, por volta das 8h da manhã, e que nunca apresentou esse tipo de falha. Ele disse que o problema provavelmente possa ter sido causado durante o deslocamento para o local da ocorrência. O sargento afirmou ainda, que situação será repassada para o alto comando da corporação, para que sejam tomadas todas as providências cabíveis em relação ao equipamento.

Saques

Segundo a polícia, vários populares saquearam toda a carga de artigos de papelaria que estava sendo transportada pelo caminhão. Um veículo usado no furto da carga foi apreendido e rebocado para o pátio credenciado em João Monlevade.

A perícia técnica da Polícia Civil esteve no local do acidente. Após os trabalhos periciais, o corpo do motorista foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), em João Monlevade. A rodovia ficou interditada por cerca de quatro horas, o que causou congestionamento em ambos os sentidos. O trânsito só foi liberado após a remoção do caminhão acidentado que obstruía a pista.

 
Se você não tem Facebook, utlize o formulário abaixo para comentar.
09/12/2017 - 22h41
Adaides
Vitória da conquista bahia
Não é bom jugar
0 0
09/12/2017 - 22h40
Adaides
Vitória da conquista bahia
Boa noite assim como Alice eu tbm conhecia esse específico motorista ele era patrão de meu irmão e o meu irmão tbm foi vítima neste acidente, gostaria de dizer que o senhor Antônio pratti era um homem responsável isso q aconteceu foi uma fatalidade, é muito fácil apedrejar as pessoas sem ao menos conhecer
0 0
09/12/2017 - 11h52
INDIGNADO
Itabira
Motoristas em geral na maioria das vezes são irresponsáveis no trânsito. São suicidas. Não tem medo de nada nas estradas. Principalmente caminhoneiro, porque eles tem SEGURO de vida, o caminhão tem SEGURO e a carga que transportam também tem SEGURO. Eles devem pensar FDS todo mundo e o mundo.
0 0
05/12/2017 - 10h18
CARLOS PEREIRA SANTOS FREITAS
Itabira
Até quando será permitido o trafego desses caminhões por essa estrada. Pq os políticos de Itabira não tomam a devida providencia. Será quantos outros precisaram morrer para que tal atitude seja tomada.
0 0
05/12/2017 - 08h56
Carvalho
BH
Olha aí, mais um acidente nessa rodovia. A DEFATO já pode preparar uma reportagem especial sobre todos acidentes que ocorreram nesse local. Vou repetir novamente: ESSA RODOVIA NÃO COMPORTA O TRÂNSITO DESSES VEÍCULOS PESADOS. Os caminhoneiros deixam de passar por João Monlevade, para fugir da fiscalização da PRF e da balança.
0 0
Novo comentário
Sou cadastrado
Não sou cadastrado
Comentário
Leia mais em: Polícia
Mais
Emprego