Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017 -
MAIS CORTES

Ronaldo anuncia exoneração de comissionados, fim de adjuntos e 'hibernação' da Secretaria de Esportes

30/11/2017 14h41
Rodrigo Andrade
RODRIGO ANDRADE/DEFATO
Prefeito Ronaldo Magalhães anunciou novas mudanças no governo municipal

O prefeito de Itabira, Ronaldo Magalhães (PTB), anunciou medidas impactantes na estrutura de governo na manhã desta quinta-feira, 30 de novembro. Quarenta servidores comissionados serão exonerados, a função de secretário-adjunto deixa de ser ocupada e a Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Juventude (SMELJ) terá as atividades suspensas pelo menos por um ano. Tudo para tentar conter o déficit mensal que continua nas contas da Prefeitura.

Segundo o prefeito, as exonerações afetam diversas secretarias. A de Esportes foi a mais impactada. Os servidores que restaram na pasta serão absorvidos pela Secretaria Municipal de Educação, inclusive o agora ex-secretário Martinho Francisco, que ainda não tem uma nova função definida. A economia, de acordo com Ronaldo, chegará a R$ 300 mil por mês, ou R$ 3,6 milhões por ano.

Leia também: 'Aumento da Cfem não resolve nossos problemas'

“O mais difícil quando se propõe reduzir custeio é quando chega nas pessoas. Mexer com pai e mãe de família não é fácil, mas, infelizmente, é uma decisão que precisa ser tomada”, afirmou o prefeito, lembrando também dos mais de 300 terceirizados dispensados no mês passado, quando do rompimento do contrato com a empresa Conservo. Ainda segundo Ronaldo, levando em consideração funções terceirizadas e comissionadas, além dos cargos extintos no início da gestão, já são 526 pessoas a menos na Prefeitura de Itabira em relação ao ano passado.


Prefeito concedeu entrevista ao lado de secretários municipais                                                                   Foto: Rodrigo Andrade/DeFato

“Não estamos conseguindo arcar com essas despesas. Com muito custo estamos conseguindo manter a folha de pagamento em dia, mas, para isso, estamos deixando de pagar fornecedores”, argumentou o prefeito, que acrescentou que a queda brusca na receita tem colocado os dirigentes municipais em uma encruzilhada: “Chega uma hora que é preciso tomar decisões. Eu não vou fechar um hospital. Então, tenho que cortar no pessoal”.

A atual administração mantinha 12 secretários-adjuntos, que não ocuparão mais os cargos. Haverá realocações de funções, ainda não definidas pelo governo. As exonerações foram assinadas nesta quinta-feira. A expectativa da equipe econômica da Prefeitura é de que essa medida balanceie o déficit para que o município, pelo menos, não feche no vermelho nos meses do ano que vem.

Sobre a Secretaria de Esportes, Ronaldo afirmou que espera retornar com a pasta em 2019, quando as projeções mostram números melhores para a economia de Itabira. “É um processo de hibernação. O que a gente espera é poder retornar com a secretaria após este ano parada. É uma área muito importante para nós”, declarou.

Se você não tem Facebook, utlize o formulário abaixo para comentar.
03/12/2017 - 08h38
Anônimo
Itabira
Sem festas tradicionais, sem esportes, tem nada nessa cidade!!! Todo mundo nessa cidade reclama !!! Mas não faz nada. O prefeito enganou o povo dizendo q ia fazer mais com menos e está terminando de matar Itabira e oque nós fazemos oq assistimos e mais nada
0 0
01/12/2017 - 13h58
Fernanda
Itabira
Será que vai exonerar esses superintendentes que recebem 5 mil reais e não fazem nada?
1 0
30/11/2017 - 20h12
Maria
Itabira
Aproveita e tira alguns da Itaurb, dizem que a empresa esta afundando em dívidas, mas continua cheia de cargos comissionados que não fazem nada.
1 0
30/11/2017 - 17h47
ALBERTO ROBERTO
Itabira
Maldita herança do Damon.Acabou com Itabira. Nem daquí a dez anos Itabira será reconstruida. Esse tal de Damon tem que ser é preso.
0 1
30/11/2017 - 17h22
maria alice
itabira
Por que manter o ex secretário Martinho Francisco? Ele é funcionário efetivo? Se for é só voltar para a função de origem.Caso, não seja efetivo, qual a finalidade de uma outra função para ele?
1 0
30/11/2017 - 16h31
Leonardo Aparecido Crispim
ITABIRA
Infelizmente o Esportes não tem valor em Itabira PENA. Não e a primeira vez que derrubam a Secretaria de Esportes.Itabira tem um índice grande de crimes com a participação de menores.Enquanto não reconhecerem que o (ESPORTE EDUCATIVO)e a unica solução contra a inflação com a participação de menores.....Vai ficar construindo casas de recuperação.
1 0
Novo comentário
Sou cadastrado
Não sou cadastrado
Comentário
Leia mais em: Política
Mais
Emprego